janeiro 16, 2006

Tonight we fly

...

Lisboa, 2006


Todos os anos, enquanto olho para os sapatos, a lua afasta-se da Terra. Graças às marés, a distância que as separa aumenta 3.82 cm por cada ano que passa. Não a censuro. Levanta o queixo e não digas adeus, lua.
...

7 comentários:

nascitura disse...

...como nós
por cada dia que passa
por cada ano que passa
menor a distância do Céu
maior a distância da terra

miguel disse...

se calhar outras aproximam-se 4 cm...

leandroribeiro disse...

Pergunto-me se darias um bom professor de Física.

um estranho disse...

Dava pois, e da Quimica.

E dizer adeus?
Nunca!

Baggio disse...

Por acaso fui um mau aluno de físico-química, mas não sei se isso responde à pergunta.

joao figueiredo disse...

volta quando tiver fome

um estranho disse...

Também fui uma péssima aluna a fisico-quimica. A única coisa que me dava prazer era a mistura da soda cáustica com água.
Mas também, tanta coisa que me dava prazer e que perdi desde há tempos.
Os poemas.
Ou outro nome que tivesse aquilo que me saia de dentro.
Bastava abrir o blog, pousar as mãos sobre as teclas e as palavras escorriam ... e tantas vezes aconteceu aqui, olhando apenas as tuas fotografias.
Agora, descanso as mãos sobre o teclado e não me sai nada.
Talvez volte.

A Avenida ficou linda com esses "ninhos" brancos.
Um dia bom Baggio.