fevereiro 24, 2006

A cinza dos olhos

...

Évora, 2005


Talvez um dia chova de vez.
...

2 comentários:

Armindo de Jesus disse...

queres deita-me areia para os oilhos?

um estranho disse...

Quando sinto os olhos a arder com poeiras que insistem e insistem,
fecho os olhos e tento dormir.
Se não consigo assim,
choro e lavo o pó que me atiram.
Gosto de olhos transparentes.