fevereiro 26, 2006

O céu de Berlim

...

Lisboa, 2005


A saudade anda descalça para não se fazer ouvir. Atravessa o quarto escuro, beija-me o rosto inseguro quando me apanha a dormir
J.Monge
...

3 comentários:

Baggio disse...

Já devia ter agradecido há muito ao Lourenço pela assistência técnica :)

A.na disse...

...porque sempre nos deitamos
sobre tudo quanto amámos
...ela voa descalça de
sombras pra se chegar a nós.

Ana.

um estranho disse...

e não é bom?
adormecer assim?